Visite o portal do Prêmio

03/12/2014

Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico premia os vencedores do ano

Finalmente o grande dia chegou! Na última segunda-feira pudemos conhecer as melhores reportagens do ano sobre economia brasileira e homenagear os seus autores! A cerimônia do 22º Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico aconteceu na Casa Fiat de Cultura, em Belo Horizonte, e contou com a presença de mais de 140 convidados, entre eles jornalistas, autoridades, empresários e economistas.

Na categoria “Jornal”, a reportagem “20 anos do Real – O Plano que nos colocou no mapa”, do Jornal do Commercio (PE), escrita por Adriana Guarda, Ângela Belfort, Anna Tiago Vasconcellos, Emídia Felipe, Giovanni Sandes, Mona Lisa Dourado, Leonardo Spinelli, Renato Mota, Saulo Moreira, foi a vencedora.

Já na modalidade “Revista”, a matéria premiada foi “Caminhos da Safra”, divulgada na revista Globo Rural, do jornalista Rodrigo Vargas. A ganhadora da categoria “Online”, novidade do ano, foi a notícia “Eólica – Nova indústria, novas oportunidades: para quem?”, do portal Tribuna do Norte, dos autores Renata Moura e Cledivânia Pereira.

Na premiação que existe desde a primeira edição, a “Excelência Jornalística”, o destaque foi para a reportagem “A nova ocupação da Amazônia”, veiculada no jornal O Estado de S. Paulo, escrita por Renée Pereira.

Os vencedores do ano e os executivos da CNH Industrial e do Banco CNH Industrial – Crédito: Divulgação CNH Industrial

Ao todo, foram R$ 52 mil reais em prêmios. Desses, R$ 15 mil para os destaques das três categorias e R$ 7 mil para a Excelência Jornalística.

Como o nível das matérias foi alto, a comissão julgadora decidiu eleger outras três reportagens com o troféu de Menção Honrosa, pelo excelente trabalho jornalístico. Excelente notícia para:

- Revista Conjuntura Econômica (RJ) com a matéria “Múltipla Escolha”, das jornalistas Kalinka Iaquinto e Thais Thimoteo;

- Revista Exame Ceo (SP) com a reportagem “Um mundo mais ético”, escrita por Ernesto Yoshida, Melina Costa, Guilherme Manechini, Lucas Rossi, Renan França, João Werner Grando e Mariana Segala;

- Portal O Tempo com a reportagem “Um mineroduto que passou em minha vida”, das jornalistas Ana Paula Pedrosa, Queila Ariadne e Mariela Guimarães.

Além de conhecer os vencedores, os convidados do Prêmio CNH Industrial puderam acompanhar a palestra do economista-chefe do Banco Santander (Brasil), Maurício Molan, que teve como tema “Austeridade: Até Quando? Custos econômicos associados ao ajuste macro e desafios econômicos de longo prazo”. O executivo fez um balanço sobre a economia brasileira.

Para encerrar, o evento marcou também o lançamento oficial do livro “O Brasil de ponta-cabeça – De 1970 a 1994, inflação, estagnação e estabilidade”, escrito e editado pelo jornalista Ricardo Bueno. A publicação, quinto volume da série sobre os Ciclos Econômicos do Brasil, é patrocinada pela CNH Industrial com o apoio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Vale a leitura!

O 22º Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico prêmio recebeu 343 inscrições e contabiliza mais de 6 mil matérias inscritas e mais e 200 reportagens premiadas em duas décadas ininterruptas. Parabéns a todos os finalistas e vencedores!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>