Visite o portal do Prêmio

17/02/2016

Relembre as matérias vencedoras da edição anterior do Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico

Por aqui o clima é de ansiedade, o que não deve ser muito diferente nas redações onde encontram-se os finalistas do 23º Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico.   O tão esperado anúncio dos vencedores da premiação será no dia 2 de março.

Enquanto esperamos este momento, decidimos abrir nossos preciosos arquivos e relembrar quais foram as reportagens vencedoras da edição anterior. No 22º Prêmio, as matérias foram inscritas e premiadas nas modalidades: Jornal, Revista, On-line e Excelência Jornalística. Conheça cada uma delas:

A reportagem “20 anos do RealO Plano que nos colocou no mapa”, publicada no Jornal do Commercio (PE), escrita por Adriana Guarda, Ângela Belfort, Anna Tiago Vasconcellos, Emídia Felipe, Giovanni Sandes, Mona Lisa Dourado, Leonardo Spinelli, Renato Mota e Saulo Moreira, foi a grande campeã da categoria “Jornal”. O especial reportou, em 12 páginas, como era a situação econômica do Brasil antes e depois do Plano Real; a inflação que o país acumulou no período e os diversos desafios que os brasileiros tiveram de enfrentar em duas décadas da moeda.

Mosaico

Na modalidade “Revista”, a matéria vencedora foi “Caminhos da Safra”, escrita pelo jornalista Rodrigo Vargas. A reportagem fez parte de um projeto da revista Globo Rural, que abordou as questões relacionadas aos processos de escoamento de grãos no Brasil. Em 30 páginas, o especial mostrou com detalhes os gargalos, as obras atrasadas, os altos valores de multas, pedágios e fretes, locais onde formam-se filas de caminhões para a entrada nos portos, a má conservação das estradas, as expectativas de investimentos e os novos projetos públicos e privados destinados para o setor.

Já o prêmio da categoria “On-line” foi conferido à reportagem “Eólica – Nova indústria, novas oportunidades: para quem?”, divulgada no portal Tribuna do Norte, das autoras Renata Moura e Cledivânia Pereira. A matéria abordava a carência de qualificação profissional no país para o setor de geração de energia eólica.

Na categoria “Excelência Jornalística”, o destaque foi para a reportagem “A nova ocupação da Amazônia”, escrita por Renée Pereira e publicada no jornal O Estado de S. Paulo. A jornalista abordou assuntos de grande interesse nacional: o novo ciclo de investimentos da região, os reflexos na vida da população local e na comunidade indígena, bem como os impactos nas áreas de preservação ambiental.

Como a qualidade dos trabalhos inscritos foi muito alta, a 22ª edição também teve Menções Honrosas. Tiveram destaques as seguintes matérias: “Múltipla Escolha”, das jornalistas Kalinka Iaquinto e Thais Thimoteo, para a revista Conjuntura Econômica (RJ); “Um mundo mais ético”, escrita por Ernesto Yoshida, Melina Costa, Guilherme Manechini, Lucas Rossi, Renan França, Jorão Werner Grando e Mariana Segala e divulgada na Revista Exame Ceo (SP); e “Um mineroduto que passou em minha vida”, dos repórteres Ana Paula Pedrosa, Queila Ariadne e Mariela Guimarães, do portal O Tempo.

Para relembrar quem são os finalistas desta edição e avaliar quem está mais próximo de ganhar a premiação, clique aqui. Escolha suas matérias favoritas e aguarde a cerimônia. Até lá!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>